"O crescer contínuo da cidade e a chegada  de novos médicos  tornam clara-aguda a percepção do quanto defasada encontrava-se aquela casa de madeira onde, de forma improvisada e bem aquém das necessidades, funciona “O São Braz",  solitária referência hospitalar do lugar.

Diante da ausência  do Estado  nas  iniciativas locais  no setor de saúde, resta  às lideranças  municipais o despertar  entre os munícipes a consciência do necessário:   dotar União  da Vitória  e  Porto União  de hospitais condizentes à estas gêmeas cidades já quase cinqüentenárias.

O primeiro deles, o  Hospital  de  Caridade  São  Braz,  em  Porto União,  em substituição ao antigo, nasce da iniciativa religiosa, civil e médica."